Diferentes aplicações de AI-Based Pricing

27 de Maio de 2021

Inteligência Artificial (IA) é indiscutivelmente um dos tópicos mais relevantes nos últimos anos, tanto no âmbito empresarial quanto no acadêmico. Tudo leva a crer que este siga sendo um assunto bastante discutido por algum tempo, especialmente porque ainda há muito a se desenvolver nessa área. Algumas aplicações de IA estão mais desenvolvidas que outras, como por exemplo os algoritmos de clusterização, utilizados em geral para recomendação de produtos em empresas como Amazon, Netflix e Spotify. Isso se deve ao fato de que a utilização desses algoritmos vêm sendo estudada há mais tempo. O sucesso que essas empresas estão tendo com a utilização da IA mostra o potencial e os benefícios desta tecnologia e nos leva a pensar que muitas outras combinações de sucesso podem ser exploradas ainda.

A aplicação de Inteligência Artificial na definição de preços — comumente chamado de AI-Based Pricing — ainda está em seus passos iniciais, visto que é raro encontrarmos artigos científicos sobre o tema ou business cases que mostrem resultados significativos. Porém, é nítido que o assunto vem ganhando cada dia mais relevância e que diversas empresas já começaram a desenvolver sua estratégia e modelo de negócio baseado em uma precificação combinada com Inteligência Artificial. Vemos a AI-Based Pricing ainda muito relacionado com Precificação Dinâmica, principalmente pelo fato de que as empresas pioneiras em aplicar IA na definição de preços são empresas dos setores de aviação, hoteleiros e aluguéis de veículos, onde a Precificação Dinâmica é predominante. Porém, AI-Based Pricing pode ser aplicado basicamente em qualquer segmento do mercado, inclusive os mais tradicionais, gerando um benefício inovativo para as empresas.

Recentemente, um artigo publicado pela GreenBiz abordou os casos de uma startup de Israel que utiliza Inteligência Artificial para precificar produtos em supermercados, o que ajuda a reduzir as perdas por descarte de produtos vencidos. De acordo com o artigo, a Wasteless utiliza 43 parâmetros/variáveis diferentes em seu algoritmo de AI-Based Pricing incluindo data de validade, estoque atual e o horário atual. Os supermercados que contratam o serviço da empresa combinam essa tecnologia com displays eletrônicos de preços, o que permite uma atualização imediata dos preços de acordo com os outcomes do algoritmo. Com isso, em um teste realizado em um supermercado em Madrid, a Wasteless conseguiu reduzir o desperdício gerado por produtos vencidos em 32,8% e ao mesmo tempo aumentar as receitas em 6,3%. De modo geral, supermercados já realizam promoções de produtos que estão prestes a vencer, mas a utilização desse algoritmo de AI-Based Pricing adiciona um nível de inteligência e precisão que dificilmente seria atingido com os processos comumente utilizados.

Em um teste realizado em um supermercado em Madrid, a Wasteless conseguiu reduzir o desperdício gerado por produtos vencidos em 32,8% e ao mesmo tempo aumentar as receitas em 6,3%. (Foto: Wasteless)

AI-Based Pricing pode ser aplicado também onde os produtos possuem preços fixos. Recentemente foi publicado no Kaggle um business cases relacionado a este tema de aplicação de Inteligência Artificial para a precificar carros usados. Nesse caso, um modelo de regressão linear foi utilizado para definir qual o preço ideal deveria ser definido para um novo anúncio de um carro usado. Através da análise dos dados de mais de 370.000 vendas realizadas pelo Ebay, os autores do case criaram um modelo de regressão linear que considerava diversas características dos carros que influenciavam o valor final de venda, tais como: ano de fabricação, quilometragem, potência, entre outros. Com isso, o modelo gerou pesos diferentes para cada uma das características e, ao final, foi capaz de definir o preço ideal para o carro usado que se desejava vender. Esse exemplo chama atenção por ser uma aplicação relativamente simples de AI-Based Pricing mas ao mesmo tempo inovadora e que mostra como essa estratégia pode também ser utilizada para definir preços fixos para produtos.

Outro mercado tradicional que está sendo impactado pela aplicação de AI-Based Pricing é o de combustíveis. (Foto: Christian Lue / Unsplash)

Outro mercado tradicional que está sendo impactado pela aplicação de AI-Based Pricing é o de combustíveis. O caso da Aprix é um exemplo de criatividade e inovação onde o uso de Inteligência Artificial para definição de preços está gerando resultados excelentes. Tradicionalmente os preços de combustíveis são definidos de maneira “manual” e de acordo com o entendimento do proprietário do posto de combustíveis, mas, de maneira disruptiva, a Aprix vem conseguindo aplicar AI-Based Pricing nos pontos de venda de seus parceiros, definindo os preços ideais a serem cobrados em cada momento do dia, otimizando a lucratividade das empresas. O algoritmo da Aprix monitora diversas variáveis em tempo real, incluindo o tráfego de carros na região, preços de competidores e custos de matéria prima e, com isso, consegue gerar de maneira imediata os preços que irão maximizar o resultado das vendas.

Assim como diversas outras aplicações de Inteligencia Artificial, AI-Based Pricing vai seguir ganhando cada vez mais relevância e, com o tempo, veremos muitos outros cases como os mencionados acima. Apesar de o desenvolvimento dessa estratégia ser algo complexo e exigir investimentos significativos, os benefícios são evidentes e já é comum encontrar empresas de consultoria que oferecem soluções nesse sentido. O AI-Based Pricing, quando aplicado de maneira eficiente e inovadora, pode gerar melhores resultados não apenas com o aumento de receita e optimização de lucros, mas também reduções de custos e, como no exemplo do supermercado, reduções de desperdícios. AI-Based Pricing é, sem dúvidas, uma estratégia promissora e iniciar as discussões sobre esse tema em sua empresa é algo que deve ser começado o quanto antes.

Por Pedro Piccoli Soares, especialista em Strategic Pricing e Revenue/Yield Management com experiência em empresas mundiais nas áreas de Engenharia Industrial, Alimentos & Bebidas e Transporte & Mobilidade

 



Quer ficar por dentro das novidades do Aprix Journal? Assine nossa newsletter semanal e receba as últimas reportagens e notícias sobre combustíveis, tecnologia e precificação diretamente em seu e-mail. Ou, se preferir, receba pelo WhatsApp. Basta clicar neste link, salvar nosso número e nos enviar uma mensagem.

 

Baixe o material gratuito: Tendências de Pricing: Inteligência Artificial e Precificação Dinâmica! Compilado de materiais, curiosidades e entrevistas com especialistas na área de pricing!



Compartilhe este material